domingo , 17 dezembro 2017
BannerLivroDN

O Piquenique das Tartarugas

piquinique-de-tartaruga

(Propaganda do Google)

Uma família de tartarugas decidiu realizar um piquenique na floresta.
As tartarugas, sendo naturalmente lentas, levaram um mês preparando-se para o passeio.
Após acharem o lugar ideal, levaram um dia inteiro para desembalar a cesta de piquenique. Então, descobriram que haviam esquecido o sal. Após 6 horas de reunião, designaram a tartaruga mais nova para voltar a casa e buscar o sal, por ser a mais rápida.

A pequena tartaruga lamentou, chorou e esperneou. Concordou em ir, mas com uma condição: Que ninguém comeria até que ela retornasse.

(Propaganda do Google)

Três dias se passaram. Uma semana. Duas semanas. E a pequenina não tinha retornado.
Na terceira semana de sua ausência, a tartaruga mais velha já não suportando mais a fome, decidiu desembalar um sanduíche. Nesta hora, a pequena tartaruga saiu de trás de uma árvore e gritou:

– Viu?! Eu sabia que vocês não iam me esperar. Agora que eu não vou mesmo buscar o sal!

Esta história nos relembra que quando desconfiamos do que pode acontecer na nossa ausência, nosso comprometimento fica prejudicado por nossa insegurança. A primeira coisa que precisamos para estar comprometidos é sentir-nos seguros. Daí a importância da confiança: sabermos que podemos confiar na palavra que nos foi dada, e que a atitude esperada de nossos pares será a mesma, estejamos ou não presentes.

(Propaganda do Google)

Obs.: Infelizmente, muitas vezes, não conseguimos confirmar a real autoria de um texto, por isso, se você souber o nome do criador deste texto, por favor, envie um e-mail para: [email protected] pois fazemos questão de dar os créditos ao autor deste texto maravilhoso…

Participe! Deixe seu comentário sobre o que acabou de ler...